UOL Notícias Notícias
 
04/07/2010 - 06h21 / Atualizada 04/07/2010 - 06h44

Petraeus assegura que guerra no Afeganistão está em "momento crítico"

Cabul, 4 jul (EFE).- O general americano David Petraeus assegurou hoje em Cabul que a guerra no Afeganistão está em um "momento crítico", ao assumir formalmente o comando das tropas internacionais no país.

"Chegamos a um momento crítico. Devemos demonstrar aos afegãos e ao mundo que não deixaremos que a Al Qaeda e sua rede de aliados estabeleçam de novo refúgios no Afeganistão", afirmou o general em cerimônia presidida no quartel-general da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf).

"Examinarei nossos esforços civis e militares para determinar que acertos necessitamos", acrescentou, após destacar que sua ascensão ao comando representa uma mudança de "pessoal", e não de "políticas ou estratégias".

A sessão foi presidida pelo general Egon Ramms, comandante da força conjunta da Otan Brunsumm, que entregou a Petraeus os estandartes das forças da Isaf, composta por soldados de 47 países, e pelas tropas americanas.

Petraeus, que aterrissou na sexta-feira na capital afegã procedente de Bruxelas, substitui no cargo o general Stanley McChrystal, destituído no dia 23 de junho pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, após um polêmico artigo no qual criticava o Governo.

O novo chefe das tropas terá autoridade tanto sobre as forças sob comando direto dos EUA como sobre as tropas da Isaf, a missão militar da Otan.

Desde sua chegada a Cabul, Petraeus teve reuniões com diferentes oficiais afegãos e o próprio presidente, Hamid Karzai, e neste sábado pronunciou um discurso privado no qual pediu unidade entre civis e militares para acertar o rumo da guerra.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host