UOL Notícias Notícias
 
04/07/2010 - 10h13 / Atualizada 04/07/2010 - 11h03

Sobe para 232 os mortos em explosão de caminhão no Congo

Kinshasa, 4 jul (EFE).- Os mortos na explosão de sexta-feira de um caminhão carregado de gasolina no leste da República Democrática do Congo (RDC) chegam a 232 e os feridos graves a 107, segundo números oficiais divulgados hoje pelas autoridades regionais.

O fato ocorreu na localidade de Sange, região de Uvira, província de Kivu Sul, cujo governador, Marcellin Cisambo, confirmou os números aos jornalistas locais e constatou no lugar a destruição causada pelo incêndio que se suscitado após a explosão.

Por sua vez, o porta-voz da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Congo (Monusco) Madnodje Mounoubai desmentiu que entre os mortos houvesse "capacetes azuis", como foi informado no princípio.

A Monusco destacou uma equipe de oito pessoas especializadas no tratamento de queimados.

Enquanto isso, as autoridades congolesas começaram o sepultamento dos mortos em valas comuns, devido à dificuldade de identificação, já que os corpos estão totalmente carbonizados, segundo explicou ontem aos jornalistas locais o vice-governador de Kivu Sul, Jean-Claude Kibala Nkolde.

Muitos familiares assistiram ontem ao enterro simbólico de cinco corpos em um terreno cedido pela Monusco, enquanto em Sange foi declarada uma semana de luto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host