UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 20h10 / Atualizada 05/07/2010 - 20h19

Ex-ditador Jorge Videla assume culpa por crimes na ditadura argentina

Buenos Aires, 5 jul (EFE).- O ex-ditador argentino Jorge Videla assumiu sua responsabilidade na repressão movida durante o último Governo (1976-1983), ao se declarar culpado hoje na segunda audiência de um julgamento oral e público por crimes contra a humanidade.

"Reitero e assumo minhas responsabilidades em todas as ações realizadas pelo Exército na guerra contra dos subversivos", sustentou Videla e acrescentou que "os subordinados se limitaram" a cumprir suas ordens.

Além do primeiro dos quatro presidentes da última ditadura, de 84 anos, estão sentados no banco dos réus o general Luciano Benjamín Menéndez e outros 23 acusados.

Todos eles devem responder pelo fuzilamento em 1976 de 30 detidos em uma prisão da província de Córdoba.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host