UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 06h29 / Atualizada 05/07/2010 - 07h01

Hillary chega a Tbilisi para expressar respaldo americano à Geórgia

Tbilisi, 5 jul (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, chegou hoje à Geórgia para reafirmar o respaldo dos Estados Unidos a este país do Cáucaso em suas reformas internas e em sua queda-de-braço com a Rússia pelas regiões separatistas de Abkházia e Ossétia do Sul.

Hillary - que conclui na Geórgia uma viagem pela Europa do Leste e o Cáucaso Sul, que já a levou à Ucrânia, Polônia, Azerbaijão e Armênia - foi recebida no aeroporto de Tbilisi pelo ministro de Exteriores georgiano, Grigol Vashadze.

Durante as seis horas que durará a visita, Clinton se reunirá com um grupo de mulheres, realizará negociações com o presidente georgiano, Mikhail Saakashvili, e membros de seu Governo e se reunirá brevemente com representantes da oposição.

Na Armênia, Clinton assegurou que a vontade dos EUA de melhorar sua relação com a Rússia não impede que ambos os países discordem em assuntos como a guerra russo-georgiana de agosto de 2008 e o reconhecimento por Moscou da independência de Abkházia e Ossétia do Sul.

"Não estamos de acordo com a presença de tropas russas na Abkházia e Ossétia do Sul. A Geórgia vai continuar defendendo seus interesses, e nós apoiamos essa postura", especificou a chefe da diplomacia americana.

Acrescentou que os EUA colaboram com a Rússia na regra do conflito armênio-azerbaijano pelo enclave de Nagorno Karabakh, mas que Washington não pode aceitar a postura russa em relação à Geórgia e seus territórios separatistas.

Além de Rússia, só Nicarágua, Venezuela e o pequeno estado micronésio de Nauru reconheceram a independência de Abkházia e Ossétia do Sul.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host