UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 05h17 / Atualizada 05/07/2010 - 05h17

Japão estreia escâneres corporais no aeroporto internacional de Tóquio

Tóquio, 5 jul (EFE).- O aeroporto internacional de Tóquio começou hoje a testar os controvertidos escâneres corporais que permitem ver o que o passageiro leva debaixo da roupa, embora por enquanto só serão utilizados com quem der seu consentimento, informou hoje a agência local "Kyodo".

A experiência piloto foi organizada pelo Ministério de Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão para verificar a eficácia dos escâneres, que serão utilizados também com inspetores que levarão explosivos simulados escondidos sob a roupa.

Nesta etapa de teste os serviços de segurança do aeroporto solicitarão aos passageiros que se submetam voluntariamente a este tipo de scanner que respondam a perguntas sobre a experiência.

Segundo um dos encarregados, o procedimento só dura alguns segundos.

Esta é o primeiro teste experimental no Japão para introduzir os escâneres corporais, com o objetivo de reforçar a segurança contra atividades terroristas.

O dispositivo reage ao suor do corpo desenhando o contorno da pessoa, o que foi criticado como uma violação da intimidade e elevou dúvidas sobre possíveis vazamentos dessas imagens.

No total, as autoridades japonesas instalarão no aeroporto de Tóquio-Narita cinco tipos de dispositivos para testá-los até o dia 10 de setembro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host