UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 05h28 / Atualizada 05/07/2010 - 05h43

Maioria dos terroristas no Reino Unido nasceram no país

Londres, 5 jul (EFE).- A maioria dos terroristas convictos no Reino Unido nasceram e se educaram neste país e na maioria dos casos tinham aqui trabalho, segundo um estudo de todos os complôs descobertos nos dez últimos anos.

O relatório, do Centro para a Coesão Social, publicado hoje, quando os britânicos se preparam para lembrar o quinto aniversário dos atentados terroristas do dia 7 de julho de 2005 na capital britânica, nos quais morreram 52 pessoas.

Perante a falta de um banco de dados do Governo, os pesquisadores do citado centro reuniram informação da imprensa e dos tribunais para chegar a essa conclusão.

Segundo sua análise, entre 1999 e 2009, um total de 119 indivíduos, tanto britânicos como estrangeiros, foram acusados de "delitos terroristas de inspiração islamita".

Deles 69% nasceram no Reino Unido e tinham passaportes britânicos, e cerca da metade viviam na grande Londres.

Cerca de 32% mantinha vínculos diretos com alguma organização proscrita, especialmente Al Muhajiroun, declarada recentemente ilegal ou Al Qaeda.

A idade média dos terroristas é de 27 anos: o mais velho tinha 48 e o mais jovem, 16.

Só cinco mulheres foram condenadas por delitos relacionados com o terrorismo: por cumplicidade ou por posse de documentos ilegais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host