UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 05h53 / Atualizada 05/07/2010 - 06h02

Ministro de Berlusconi renuncia 2 semanas depois de ser nomeado

Roma, 5 jul (EFE).- O ministro sem pasta para a Execução do Federalismo da Itália, Aldo Brancher, anunciou hoje sua renúncia, pouco mais de duas semanas depois que o chefe do Executivo, Silvio Berlusconi, o nomeou para o cargo.

Brancher, que foi nomeado ministro no dia 18 de junho, se envolveu em um escândalo ao solicitar ser acolhido sob a "lei do legítimo impedimento" para não ir a um julgamento em Milão, no qual é acusado de lavagem de dinheiro e apropriação indevida.

O anúncio da renúncia, recolhido pelos meios de imprensa italianos, foi feito pelo próprio ministro em uma sala do Tribunal de Milão, aonde foi hoje para uma audiência do processo no qual é acusado e no qual também expressou sua renúncia à lei do legítimo impedimento.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host