UOL Notícias Notícias
 
09/07/2010 - 18h51 / Atualizada 09/07/2010 - 19h00

Morre no PR mulher que se dizia a mais velha do mundo

São Paulo, 9 jul (EFE).- A brasileira de origem polonesa Maria Olívia da Silva, que dizia ser a mulher mais velha do mundo com 130 anos de idade, morreu na noite de quinta-feira na cidade em Astorga, no Paraná, informou hoje a imprensa do estado.

Maria, que chegou ao Brasil quando tinha três anos, morreu em sua casa, após jantar e se sentir mal, segundo o site do "Estadão".

O Guinness Book nunca reconheceu Maria como a mulher mais velha do mundo, pois os registros originais de seu nascimento foram queimados em um incêndio ocorrido na década de 60, quando vivia em Centenário do Sul.

No entanto, a cópia de seu registro civil mostra que ela nasceu em 28 de fevereiro de 1880 em Varsóvia, na Polônia.

A mulher, que sempre trabalhou no campo e atribuía sua longevidade a uma dieta baseada em feijão e banana, se casou duas vezes e teve dez filhos, todos já mortos. Já em idade avançada, ela adotou outros quatro, dos quais três ainda estão vivos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host