UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 15h28 / Atualizada 11/07/2010 - 15h46

Obama diz que Srebrenica é mancha na consciência mundial

Washington, 11 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que o massacre de Srebrenica, há exatos 15 anos, é "uma mancha" na consciência mundial, e reforçou a chamada pela captura de Ratko Mladic, general sérvio que seria o grande responsável pelos assassinatos.

Em comunicado, Obama descreveu o massacre, no qual cerca de oito mil muçulmanos bósnios foram mortos pelas tropas servo-bósnias de Mladic, como "uma tragédia inimaginável".

Em 1995, Srebenica era uma zona protegida pela ONU, mas isso não ajudou os habitantes.

"Confiaram na promessa da proteção internacional, mas no momento de maior necessidade os deixamos à sorte", disse Obama, para quem o "horror" do massacre é "uma mancha em nossa consciência coletiva".

Obama pediu que todos os responsáveis pelo massacre sejam levados à Justiça, incluindo Mladic, que, como disse, "dirigiu os assassinatos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h39

    0,17
    3,285
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h42

    0,31
    63.455,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host