UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 12h36 / Atualizada 11/07/2010 - 12h43

Partido governante perde eleições para Senado japonês, segundo TV pública

Tóquio, 11 jul (EFE).- O Partido Democrático (PD), do primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, perdeu as eleições para metade das 242 cadeiras do Senado e, com isso, a maioria na casa, segundo a rede de televisão pública "NHK".

Faltando atribuir 14 das 121 cadeiras em disputa, o PD teria obtido 40 senadores e seguramente não chegará a 50 - a legenda precisaria de 56 para manter o controle no Senado.

As eleições de hoje foram as primeiras no Japão desde que o PD arrasou os liberal-democratas no pleito geral de setembro do ano passado, conseguindo maioria absoluta na Câmara Baixa.

Os japoneses vão às urnas a cada três anos para eleger metade dos senadores, cujo mandato é de seis anos.

Este foi o primeiro teste eleitoral para o primeiro-ministro Kan, no cargo desde 8 de junho depois da renúncia de Yukio Hatoyama, que deixou o poder devido à queda de popularidade ocorrida por não cumprir a promessa de tirar a base americana de Okinawa, no sul do Japão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host