UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 09h20 / Atualizada 11/07/2010 - 09h33

Partido governante perderá controle do Senado japonês, diz boca-de-urna

Tóquio, 11 jul (EFE).- O Partido Democrático (PD), governante no Japão, perderá a maioria no Senado após as eleições de hoje, segundo pesquisas de boca-de-urna que apontam para um ressurgimento do opositor Partido Liberal-Democrata (PLD).

Os números divulgados pela rede de televisão pública "NHK" apontam que o PD e seus aliados do Novo Partido do Povo (NPP) podem somar entre 41 e 51 cadeiras, frente às 56 cadeiras com que contavam até agora e que eram necessárias para controlar a Câmara Alta.

O opositor PLD pode conquistar entre 46 e 52 cadeiras, crescendo em relação às 38 que tem, segundo a "NHK".

Já as projeções do canal "TBS" dizem que o PD, partido do primeiro-ministro, Naoto Kan, elegeria 48 senadores.

O Japão realizou hoje eleições para renovar a metade do Senado (121 de 242 cadeiras), órgão que, embora de menor importância que a Câmara Baixa, é determinante para garantir a governabilidade do Executivo e a aprovação das leis mais relevantes.

Após o fechamento dos colégios eleitorais às 20h locais (8h de Brasília), os números de boca-de-urna da agência local "Kyodo" também indicam que o PD teria perdido a maioria na Câmara Alta.

Embora não ofereça por enquanto projeções sobre quantas cadeiras o PD teria ganhado, a "Kyodo" diz que o opositor PLD manteria seus 38 senadores, enquanto a jovem legenda Seu Partido, uma cisão do PLD, elegeria dez senadores.

Se confirmados, estes resultados representariam um sério revés para o PD, que chegou ao poder em setembro após arrasar o PLD em eleições gerais que acabaram com mais de meio século de Governo liberal-democrata.

A participação eleitoral neste pleito, que foi realizado com chuva e mau tempo em boa parte do Japão, foi previsivelmente similar à das últimas eleições para a Câmara Alta, superior a 50%.

O Senado japonês renova a metade de suas cadeiras a cada três anos. No pleito de 2007, o PD, então na oposição, teve uma vitória histórica nesta Câmara, até então dominada pelo PLD em aliança com outros partidos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host