UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 05h51

China detém 3 funcionários de mineradora que poluiu rio

Pequim, 16 jul (EFE).- A Polícia chinesa deteve três funcionários de uma empresa de mineração responsável por um vazamento que contaminou o rio Ting, na província oriental de Fujian, matando milhões de peixes, segundo a imprensa oficial.

Os detidos são Lin Wenxian, Wang Yong e Liu Shengyuan, empregados de uma planta de cobre pertencente à gigante mineradora Zijing Mining Group, maior empresa chinesa de ouro.

Os dois primeiros são o diretor e o subdiretor da planta na qual supostamente começou o vazamento, explicaram à agência oficial de notícias "Xinhua" as autoridades do distrito de Shanghang, onde aconteceu o incidente, no último dia 3 de julho.

O vazamento também obrigou Chen Jun'an, chefe do escritório de proteção meio ambiental do distrito, renunciasse pressionado por suposta negligência no caso.

Segundo a investigação oficial, as intensas chuvas que castigaram a região provocaram um vazamento nos tanques da planta, incluindo os de águas residuais, devido a problemas na impermeabilização das instalações.

Os tanques deixaram vazar seu conteúdo (9.100 metros cúbicos) no rio através de um duto "ilegal" por onde a fábrica evacuava seus resíduos e, por conta do incidente, as autoridades ambientais recolheram quase duas toneladas de peixes que morreram envenenados.

Em um primeiro momento, a empresa negou suas responsabilidades e assegurou que a culpa era das fortes precipitações registradas.

Por conta das detenções, as ações da Zijin na Bolsa de Xangai caíram 6,5% nesta sexta-feira. Desde que aconteceu a contaminação, os papéis já perderam cerca de um quarto de seu valor, devido às possíveis multas milionárias que a companhia deverá ser obrigada a pagar.

A rápida industrialização da China fez com que o país seja também um dos mais poluídos, com 20% dos rios e 60% do litoral marinho com altos níveis de poluição, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente.

Os números oficiais reconhecem que a poluição e a seca são tão agudas que mais de 200 milhões de pessoas não têm acesso a água potável na China.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host