UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 21h03

ONU condena atentados contra mesquita no Irã

Nações Unidas, 16 jul (EFE).- O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou nesta sexta-feira os atentados terroristas cometidos em uma mesquita xiita no sudeste do Irã, no qual pelo menos 20 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas.

Em uma breve declaração lida pela presidente do órgão, a embaixadora nigeriana U. Joy Ogwu, os 15 membros do Conselho também expressaram o desejo de que se identifique e se processe na Justiça os responsáveis pelos atentados.

No duplo atentado suicida ocorrido nesta quinta-feira numa mesquita xiita na cidade de Zahedan, morreram pelo menos 20 pessoas, entre elas membros da Guarda Revolucionária do Irã, a tropa de elite do país.

As explosões ocorreram durante a comemoração do aniversário de nascimento de Imame Hussein, o mais venerado para os muçulmanos xiitas.

O grupo armado sunita Yundulah se declarou autor do duplo atentado em um e-mail enviado à emissora "Al Arabiya".

O Yundulah (Exército de Deus) é um grupo sunita que se opõe ao regime xiita do Irã e foi criado em 2002 para "defender os direitos da minoria muçulmana sunita" do país, onde os clérigos xiitas estão no poder desde a Revolução Islâmica de 1979.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h49

    -0,46
    3,154
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h57

    2,21
    70.153,17
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host