UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 19h35

Resultados de provas em poço não são satisfatórios, diz EUA

Washington, 15 jul (EFE).- Os resultados das provas realizadas no poço de petróleo no Golfo do México não são ideais por enquanto, mas os exames continuarão por pelo menos mais seis horas, informou hoje o Governo dos Estados Unidos.

O coordenador da luta contra o vazamento no Golfo, o almirante Thad Allen, disse em sua entrevista coletiva diária que a pressão registrada no novo dispositivo de contenção instalado sobre o poço não é suficientemente alta para se descartar que o petróleo esteja vazando por outras aberturas, um dos possíveis problemas.

Os resultados "são bons", mas não perfeitos. As possíveis razões para que a pressão não tenha subido como era esperado são duas: após ter emanado sem interrupção durante quase três meses, a jazida pode estar se esgotando ou pode existir um vazamento no poço que não tenha sido detectado até o momento, afirmou.

Apesar da boa notícia anunciada pela BP, na quinta-feira, de que as aberturas do poço tinham sido fechadas pela primeira vez, tanto a empresa como o Governo americano pedem cautela, pois o problema ainda não foi solucionado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host