UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 18h50

Uribe se reúne com cúpula militar para tratar de conflito com Venezuela

Bogotá, 16 jul (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, se reuniu hoje de urgência com a cúpula militar do país para analisar as provas da presença de chefes guerrilheiros na Venezuela, um assunto que terminou em consultas ao embaixador venezuelano em Bogotá.

Nem Uribe e nem os altos comandantes militares fizeram declarações depois dessa reunião, que aconteceu no aeroporto militar de Catam, em Bogotá, e na qual se falou também, segundo a imprensa local, da resposta que será dada ao pronunciamento feito pela Venezuela através de seu chanceler, Nicolás Maduro.

"Chamamos o embaixador Gustavo Márquez para que venha a consultas em Caracas e se junte à avaliação de uma série de medidas políticas e diplomáticas que serão tomadas nas próximas horas para rejeitar a agressão do Governo colombiano", disse o chanceler venezuelano em entrevista coletiva em Caracas.

Maduro respondia ao comunicado divulgado hoje pelo Governo da Colômbia, que afirmou que "durante seis anos" manteve um "diálogo paciente", mas "infrutífero" com a Venezuela sobre a presença de terroristas nesse país, o que lhe leva a "pensar novamente em apelar às instâncias internacionais".

O novo capítulo de tensão entre os dois países, cujas relações diplomáticas e comerciais estão congeladas há quase um ano por decisão do presidente venezuelano, Hugo Chávez, começou nesta quinta-feira, quando o Governo colombiano disse ter "provas" da presença de chefes guerrilheiros na nação vizinha.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host