UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 17h22

Mais 8 opositores cubanos libertados chegam à Espanha amanhã

Madri, 19 jul (EFE).- Oito presos políticos cubanos chegarão nesta terça-feira a Madri, o que leva para 19 o número total de dissidentes libertados e transferidos para a Espanha, relataram hoje à Agência Efe fontes do Ministério de Assuntos Exteriores espanhol.

Os oito libertados são Manuel Ubals González, Ricardo Enrique Silva Gual, Alfredo Manuel Pulido López, Blasgiraldo Reyes Rodríguez, Jorge Luis González Tanquero, José Ubaldo Izquierdo Hernández, Arturo Pérez de Alejo Rodríguez e Antonio Ramón Díaz Sánchez.

Acompanhados por 38 parentes, os dissidentes viajarão de Havana a Madri em um voo da companhia aérea espanhola Iberia que chegará na terça-feira ao aeroporto de Barajas, nos arredores de Madri, segundo as mesmas fontes.

No último dia 17, o ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, anunciou que nove presos políticos cubanos chegariam à Espanha, uma vez libertados pelo Governo da ilha.

O novo grupo se unirá aos outros 11 que chegaram a Madri na semana passada: Luis Milán, Mikhail Bárzaga, Ricardo González, Léster González, Omar Ruiz, Antonio Villarreal, Julio César Gálvez, José Luis García Paneque, Pablo Pacheco, Omar Rodríguez e Normando Hernández.

Dos 52 dissidentes que o Governo de Cuba se comprometeu a libertar de forma gradual em até quatro meses, pelo menos 20 expressaram seu desejo de ir para a Espanha após sua soltura.

Estes opositores fazem parte do grupo de 75 cubanos que foram condenados em abril de 2003 acusados de atentar contra a soberania e independência do Estado, conspirar com os Estados Unidos e abalar os princípios da Revolução Cubana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host