UOL Notícias Notícias
 
20/07/2010 - 21h38

Governo livra prefeito de Buenos Aires de comparecer perante legisladores

Buenos Aires, 20 jul (EFE).- A força conservadora que governa Buenos Aires impôs hoje sua maioria na câmara legislativa da cidade para livrar o prefeito da capital, Mauricio Macri, de comparecer perante o corpo e ser investigado por uma comissão especial por um caso de espionagem no qual foi processado pela Justiça.

Na sessão especial de hoje a oposição não conseguiu os dois terços necessários para formar uma comissão especial investigadora, nem para convocar o prefeito para prestar esclarecimentos ou iniciar uma ação contra Macri pelo mau desempenho de suas funções.

Uma iniciativa para solicitar que Macri entre de licença até a resolução da causa judicial contra ele por supostas escutas telefônicas ilegais também não prosperou.

Perante o fracasso, a oposição tentará agora impulsionar uma sentença propícia à criação de uma comissão investigadora na próxima reunião da comissão legislativa de assuntos constitucionais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host