UOL Notícias Notícias
 
20/07/2010 - 16h19

Justiça eleitoral volta a multar Dilma por campanha antecipada

Brasília, 20 jul (EFE).- A justiça eleitoral anunciou hoje que multou pela quinta vez à candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT), por se promover antes do dia 6 de julho, quando começou a campanha oficial.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, Dilma incorreu na infração ao discursar em anúncios de televisão emitidos pelo PT entre os dias 11 e 18 de junho, quando ainda não tinha começado a campanha eleitoral, e deverá pagar uma multa de R$ 5 mil.

O tribunal entendeu que Dilma se apresentou como candidata à Presidência nesses anúncios e, inclusive, pediu votos ao eleitorado.

As propagandas foram transmitidas em canais de televisão regionais de São Paulo, por isso que a justiça eleitoral também multou a representação do PT no estado em R$ 7,5 mil.

Dilma já tinha sido multada outras quatro vezes pelo mesmo motivo. A justiça eleitoral também já sancionou o presidente do Luiz Inácio Lula da Silva cinco vezes por campanha antecipada.

O Tribunal Superior Eleitoral estuda, além disso, quatro denúncias do PT contra o candidato do PSBD, José Serra, pelas mesmas causas.

Dilma e Serra dividem as preferências do eleitorado e, segundo todas as pesquisas de opinião, estão empatados em torno dos 40% das intenções de voto.

As eleições vão ser realizadas no dia 3 de outubro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host