UOL Notícias Notícias
 
20/07/2010 - 23h14

Mais um dissidente cubano embarca para a Espanha

Havana, 20 jul (EFE).- Após as primeiras 11 libertações e viagens à Espanha de dissidentes cubanos na última semana, o preso político Arturo Pérez de Alejo Rodríguez partiu nesta terça-feira rumo a Madri acompanhado de sua família, informaram à agência Efe fontes próximas.

Rodríguez, um dos 75 opositores presos e condenados a 20 anos de prisão nas batidas da "Primavera Negra" de 2003, viajou esta noite em voo regular à capital espanhola, junto com sua esposa e filha e outros quatro familiares, confirmou sua sogra, Migdalia Sabina, residente na província cubana de Villa Clara.

Sabina disse à Efe que Rodríguez e sua filha, Moraima León Sabina, ligaram para ela do o aeroporto internacional da capital cubana quando estavam a ponto de entrar no avião para viajar à Espanha.

O Ministério de Assuntos Exteriores espanhol anunciou que, além de Rodríguez, devem ser libertados esta semana os dissidentes cubanos Manuel Ubals González, Ricardo Enrique Silva Gual, Alfredo Manuel Polido López, Blas Giraldo Reyes Rodríguez, Jorge Luis González Tanquero, José Ubaldo Izquierdo Hernández, e Antonio Ramón Díaz Sánchez, que viajarão ao país europeu acompanhados de 38 familiares.

Desde o último dia 14, quando viajaram o jornalista independente Mikhail Bárzaga e o dissidente Luis Milán, não tinham acontecido outras libertações e viagens.

Depois que foram anunciadas as libertações de um primeiro grupo de 20 presos, Cuba vive um silêncio oficial absoluto, tanto por parte do Governo como da Igreja Católica, sobre o momento das libertações e viagens à Espanha.

Os libertados estão chegando a território espanhol após serem transferidos diretamente do aeroporto havanês.

O Governo de Raúl Castro se comprometeu a libertar gradualmente em um prazo máximo de quatro meses os 52 dissidentes que estavam presos do grupo dos 75, dentro do inédito processo do diálogo aberto com a hierarquia da Igreja Católica da ilha, apoiado pela Espanha.

Nos próximos dias devem acontecer as saídas de outros oito presos que completam a lista de nomes divulgada até o momento pela Igreja Católica sobre opositores que aceitaram viajar à Espanha ao saírem da prisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host