UOL Notícias Notícias
 
24/07/2010 - 08h07

População denuncia morte de civis em ataque da Isaf no Afeganistão

Cabul, 24 jul (EFE).- Vários moradores do distrito de Sangin, no sul afegão, denunciaram hoje a existência de civis mortos e feridos em consequência de um ataque com helicópteros, embora a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) disse desconhecer o incidente.

Conforme testemunhas citadas pela agência afegã "AIP", o fato ocorreu ontem à noite em Sangin, na província de Helmand. Um morador da região contou que vários helicópteros da Isaf atacaram um povoado e causaram "mortes e ferimentos" em dezenas de pessoas.

Seis feridos, segundo a mesma agência, foram levados para um hospital na cidade de Kandahar.

Em comunicado divulgado hoje, a Isaf assegurou saber das "acusações" divulgadas pela imprensa sobre "vítimas civis" no distrito de Sangin, mas negou ter informações sobre o assunto.

Em declarações à agência "AIP", o porta-voz do governador de Helmand, Mohammed Dawood Ahmadi, disse desconhecer o suposto ataque.

Reduzir a "perda de vidas civis" ao "mínimo" é o objetivo do novo chefe das tropas internacionais no Afeganistão, David Petraeus, apesar de no passado a Isaf ter se visto envolvida em inúmeros incidentes com a população civil.

As contínuas mortes de civis no Afeganistão debilitaram a imagem das tropas internacionais e sua campanha para ganhar a confiança da população local na luta contra a insurgência, e foram duramente criticadas pelo presidente afegão, Hamid Karzai.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host