UOL Notícias Notícias
 
26/07/2010 - 08h13

Ataque suicida deixa 5 mortos no Paquistão

Nova Délhi, 26 jul (EFE).- Ao menos cinco pessoas morreram, três delas policiais, e outras dez ficaram feridas hoje em um ataque suicida registrado perante a casa de um ministro regional do noroeste do Paquistão crítico com os talibãs, informaram diferentes meios de comunicação paquistaneses.

O ataque ocorreu na localidade de Pabbi, situada na província paquistanesa de Khyber-Pakhtunkhwa, em frente à casa do ministro da Informação regional, Mian Iftikhar Hussain, informaram os canais de televisão "Dawn" e "Geo", que não explicitaram suas fontes.

Segundo eles, Hussain não estava em casa, embora o ministro paquistanês de Interior, Rehman Malik, tenha estado na cidade pouco antes para dar suas condolências pelo assassinato no sábado de seu filho pelas mãos dos talibãs.

O suicida tentou entrar na casa do ministro, protegida por um forte contingente policial após o enterro do jovem assassinado no sábado. Ao ser detido na porta, detonou os explosivos que levava, informou "Geo".

Segundo Dawn, a explosão destruiu totalmente três lojas área, que foi isolada pela Polícia.

Mian Iftikhar Hussein, membro do Partido Nacional Awami (laico e pashtun) e antigo porta-voz do Governo provincial, é considerado o ministro regional mais crítico com os insurgentes talibãs e tinha recebido várias ameaças no passado.

No sábado, os insurgentes assassinaram seu único filho, Mian Rashid Hussain, de 27 anos, a tiros em Pabbi quando ele passeava com um amigo pela região de Khan Sher Garhi.

Os talibãs reivindicaram no domingo o assassinato, condenado pelas principais autoridades políticas do Paquistão, e o funeral aconteceu no mesmo dia em Pabbi, localidade situada cerca de 20 quilômetros ao leste de Peshawar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h40

    0,69
    3,149
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h40

    -1,29
    74.416,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host