UOL Notícias Notícias
 
01/08/2010 - 13h25

Brasil inicia censo com previsão de visitar 58 milhões de residências

Rio de Janeiro, 1 ago (EFE).- Cerca de 190 mil recenseadores começaram a visitar hoje as 58 milhões de residências de todo Brasil para elaborar o novo censo populacional com o qual se pretende, além de contar a população, elaborar um verdadeiro retrato dos brasileiros e suas condições de vida.

O 12º Censo Demográfico do Brasil, que atualizará os números apurados em 2000, será o primeiro totalmente informatizado na história do país, já que os recenseadores contarão com computadores de mão, mapas digitais e receptores de sistema de posicionamento por satélite (GPS).

A tecnologia permitirá substituir os tradicionais questionários de papel. Os dados serão armazenados digitalmente no momento da visita, facilitando o posterior envio.

Com essa mudança, os brasileiros conhecerão já em 27 de novembro os primeiros resultados da pesquisa, como número de habitantes do país, hoje de 191 milhões de pessoas, acima dos 169 milhões de 2000.

Os responsáveis pelos questionários marcarão com suas equipes por meio do GPS a localização de todas as residências dos 5.565 municípios do país, o que permitirá ao Brasil contar com um completo mapa digital da população.

Se assim quiserem, os chefes de família poderão responder aos questionários pela internet. Para isso, terão de pedir ao recenseador uma senha de acesso ao sistema.

Pelos cálculos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo Censo, o processo custará R$ 1,6 bilhão e a fase de coleta de dados será concluída até 31 de outubro.

O Censo de 2010 incluirá novas perguntas com o objetivo de identificar as mudanças na sociedade brasileira nos últimos anos, entre estas uma destinada a saber se o interrogado tem cônjuge ou companheiro do mesmo sexo.

Ainda serão incluídos questionamentos sobre a etnia e a língua da população indígena, a procedência de famílias de imigrantes, o tempo que o interrogado demora de deslocamento até o trabalho e o acesso aos serviços como internet e telefones celulares.

Estas questões serão complementares as tradicionais que buscam informações sobre raça, religião, trabalho e renda dos brasileiros.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host