UOL Notícias Notícias
 
01/08/2010 - 15h17

EUA têm plano de ataque contra o Irã, mas não desejam usá-lo

Washington, 1 ago (EFE).- Um alto comando do Pentágono disse hoje que os Estados Unidos contam com um plano de ataque contra o Irã em caso de ser necessário para evitar que o país asiático construa uma arma nuclear, mas prefeririam não ter de usá-lo.

O chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas dos EUA, o almirante Mike Mullen, confirmou hoje em entrevista no programa dominical "Meet the Press", da rede de televisão "NBC", que o Governo dispõe de um plano que foi preparado nos últimos meses e cujo planejamento.

O Governo americano deixou claro que prioriza a estratégia diplomática e de sanções com o Irã, mas nunca deixou de fora a opção militar, segundo advertiu Mullen.

"As opções militares estiveram sobre a mesa e seguem estando", assinalou o funcionário na entrevista.

Afirmou, no entanto, que "espera que não tenhamos de chegar a esse ponto, mas é uma opção importante e é uma questão que é bem entendida" por Teerã.

Perguntado se o Exército dispõe de um plano de ataque contra o Irã, o chefe do Estado-Maior Conjunto respondeu, "sim, temos".

Mullen disse que a decisão de um eventual ataque militar teria de ser tomada pelo presidente Barack Obama.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host