UOL Notícias Notícias
 
01/08/2010 - 08h09

Prefeito e mais 3 morrem por mina colocada por curdos na Turquia

Ancara, 1 ago (EFE).- O prefeito da localidade turca de Batman, dois de seus irmãos e mais uma pessoa morreram neste domingo em decorrência da explosão de uma mina instalada por por rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) na província de Batman, sudeste da Turquia, informam as redes de televisão locais.

Segundo as emissoras, a explosão aconteceu depois que rebeldes curdos atearam fogo no sábado à noite a casas de empregados da Companhia Turca de Petróleo (TPAO), após deixarem quatro agentes de segurança fora de combate.

O ataque aconteceu perto da aldeia de Demirpinar, em região de poços petrolíferos.

Segundo o jornal "Hurriyet", rebeldes do PKK tinham colocado uma mina na estrada que passa pela aldeia, e o artefato explodiu à passagem do automóvel no qual viajavam as quatro pessoas, todas elas mortas no local.

As vítimas são o prefeito da localidade, Sadi Ozdemir, seus irmãos Saleh e Sofi Ozdemir, e Sedat Ozevin, ex-presidente da seção de Batman da Associação pró Direitos Humanos (IHD).

Os irmãos Ozdemir eram membros do pró-curdo Partido da Paz e a Democracia (BDP), considerado o ala política do PKK.

A agência de notícias "Firat", próxima ao PKK, informou sobre o assassinato de quatro pessoas "que tentavam apagar um incêndio", e assinalou que a IHD declarou dia de luto neste domingo em Batman, mas não mencionou o suposto ataque do PKK nos campos de petróleo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host