UOL Notícias Notícias
 
02/08/2010 - 02h06

Assembleia nepalesa inicia 3ª votação para escolher premiê do país

Katmandu, 2 ago (EFE).- A Assembleia nepalesa inicia hoje a terceira rodada de votações em menos de um mês para escolher um novo primeiro-ministro entre os três candidatos que concorrem ao cargo, para o qual requerem o apoio da maioria absoluta da Câmara.

Os aspirantes são o presidente do Partido Maoísta, Pushpa Kamal Dahal, conhecido como "Prachanda", e o vice-presidente do Partido do Congresso nepalês (NC), Ram Chandra Poudel.

Embora também tenha se inscrito como candidato, o presidente do Partido Marxista-Leninista (UML), Jhala Nath Khanal, deve se retirar, da mesma forma como fez nas duas rodadas anteriores, ao assumir que não obteria a maioria absoluta, e deve permanecer neutro.

A primeira rodada de votação começará às 11h (2h15 de Brasília), e se repetirá até que alguém consiga a maioria absoluta, avaliada em 300 das 599 cadeiras ocupadas atualmente no Parlamento nepalês, que conta com um total de 601 deputados.

Nenhum dos três partidos, os principais do arco parlamentar do Nepal, conta com uma maioria suficiente na Assembleia: os maoístas somam 238, o NC tem 114 e o UML 109.

Ao voto no Parlamento segue a falta de consenso entre as três legendas para formar um Governo após a renúncia no mês passado do marxista-leninista Madhav Kumar Nepal.

Kumar Nepal renunciou para tirar dos maoístas o apoio a uma prorrogação de um ano do mandato da Assembleia, encarregada de redigir a futura Constituição do Nepal segundo o acordo de paz assinado no final de 2006 entre a então guerrilha maoísta e o Governo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h39

    0,17
    3,285
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h41

    0,42
    63.521,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host