UOL Notícias Notícias
 
02/08/2010 - 12h05

Com aval de Israel e Turquia, ONU investigará incidente de frota rumo à Gaza

Nações Unidas, 2 ago (EFE).- O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, anunciou hoje a criação de um comitê de investigações para o incidente de 31 de maio com a frota humanitária que se dirigia à Faixa de Gaza, e que conta com a aceitação de Israel e Turquia.

"Após dois meses de intensas negociações com líderes de Israel e Turquia, anuncio a instalação de um comitê" que investigará o caso, declarou Ban.

O comitê será liderado pelo ex-primeiro-ministro da Nova Zelândia Geoffrey Palmer (como presidente) e pelo atual presidente da Colômbia, Álvaro Uribe (como vice-presidente), que deixa o cargo no próximo sábado.

"Agradeço aos líderes de Turquia e Israel com quem tive conversas durante todo o fim de semana, por seu espírito de compromisso e de cooperação", disse Ban em comunicado. Para ele, a instalação desse comitê de investigação é um "fato sem precedentes".

O Conselho de Segurança da ONU pediu há dois meses que se abrisse uma investigação internacional sobre os incidentes do comboio atacado em 31 de maio, quando forças armadas israelenses mataram nove pessoas.

Ban comunicou que Palmer e Uribe contarão com outros dois membros em representação de Turquia e Israel, a serem designados por esses países.

O comitê começará os trabalhos a partir do próximo dia 10. Os resultados das primeiras constatações serão submetidos ao Conselho de Segurança da ONU e ao secretário-geral em meados de setembro, ressaltou Ban.

"Espero que este comitê realize seu mandato com base no estipulado pelo Conselho e em plena cooperação com as autoridades nacionais dos dois países", destacou o secretário-geral.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host