UOL Notícias Notícias
 
03/08/2010 - 17h52

França cobra responsabilidade de Israel e Líbano

Paris, 3 ago (EFE).- O ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner, condenou hoje os incidentes entre soldados israelenses e libaneses na fronteira comum e apelou à responsabilidade das duas partes para evitar que situações como esta se repitam.

"Deploro os graves incidentes e convido as partes a exercer sua responsabilidade e respeitar plenamente a fronteira estabelecida pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas", acrescentou o ministro.

"Esperamos que o ocorrido seja esclarecido, para que as responsabilidades possam ser apontadas e as medidas apropriadas contra eles", afirmou.

"Como transmitimos hoje às autoridades libanesas e israelenses, é preciso fazer todo o possível para evitar a repetição destes incidentes no futuro, assim como uma escalada de violência que possa ameaçar a estabilidade da região", concluiu Kouchner.

Pelo menos três soldados libaneses e um jornalista morreram e outras três pessoas ficaram feridas na troca de tiros de hoje, que começou quando um grupo de soldados israelenses quis derrubar árvores situadas na chamada cerca técnica.

Esta marca está instalada do lado israelense da fronteira e localizada antes da "linha azul", marcada pela ONU para certificar a retirada israelense do sul do Líbano em maio de 2000, após 22 anos de ocupação.

O Exército israelense informou que um tenente-coronel morreu e um capitão ficou gravemente ferido no conflito de hoje.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,28
    3,267
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host