UOL Notícias Notícias
 
03/08/2010 - 09h19

Zardari diz que comunidade internacional perde guerra para os talibãs

Paris, 3 ago (EFE).- O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, assegurou que a comunidade internacional "está perdendo a guerra contra os talibãs" por ter "subestimado a situação no terreno" e por "não ter tomado consciência da amplitude do problema".

Em entrevista publicada hoje pelo jornal "Le Monde" - um dia após sua reunião com o chefe do Estado francês, Nicolas Sarkozy -, Zardari assegura que "os reforços militares não são mais que uma pequena parte da resposta".

"Para ganhar o apoio da população afegã, é preciso contribuir para o desenvolvimento econômico e provar que podemos não só mudar sua vida, mas, sobretudo, melhorá-la", assinala o presidente do Paquistão, quem está convencido que "a população não associa a intervenção militar com um futuro melhor".

A comunidade internacional deveria fazer um planejamento de longo prazo porque "o êxito dos insurgentes é o saber esperar" já que "têm o tempo ao seu lado", acrescenta o presidente paquistanês, quem não acredita que os talibãs recuperem o poder no Afeganistão.

As declarações de Zardari se produzem após o recente vazamento de documentos secretos americanos que apontavam que o Paquistão poderia estar fazendo jogo duplo no Afeganistão, apoiando ao mesmo tempo às forças internacionais em sua luta contra o terrorismo e aos insurgentes talibãs.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host