UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 13h48

Hamas condena "agressão de Israel contra Líbano"

Gaza, 4 ago (EFE).- O movimento islâmico Hamas condenou hoje o que definiu como "agressão de Israel contra o Líbano" na fronteira entre os dois países, incidente que culminou nesta terça-feira na morte de três soldados libaneses, um jornalista libanês e um soldado israelense.

"O Exército libanês tem todo o direito de defender os territórios sob sua soberania", disse o Hamas em comunicado divulgado à imprensa.

Os "ataques fatais de Israel contra o sul do Líbano, a Faixa de Gaza e a Cisjordânia demonstram que a ocupação (israelense) só conhece a linguagem do terror e da guerra", assegura a nota.

O Hamas pede à Organização das Nações Unidas e ao Conselho de Segurança do organismo a "tomar medidas contra o assalto" da soberania libanesa.

As duas partes se acusam mutuamente pelo início das hostilidades na zona fronteiriça, no pior enfrentamento registrado nos últimos quatro anos.

Beirute acusou Tel Aviv de ter atravessado a "linha azul" e violado sua soberania, enquanto Israel argumenta que uma patrulha estava podando árvore em seu território quando foi atacada do lado libanês.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h49

    0,65
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h51

    0,77
    65.598,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host