UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 11h00

Hamas nega estar por trás de ataque com foguetes a Eilat e Ácaba

Gaza, 4 ago (EFE).- O movimento radical islâmico Hamas negou hoje estar por trás do ataque com foguetes na segunda-feira contra as cidades de Eilat, em Israel, e de Ácaba, na Jordânia, depois que os serviços de segurança egípcios apontaram facções palestinas como autoras do ataque.

Sami Abu Zugri, porta-voz do Hamas em Gaza, rejeitou qualquer relação de seu movimento com o lançamento de cinco foguetes, um dos quais matou um homem e feriu outros quatro perto de um hotel em Ácaba.

"A afirmação dos egípcios de que facções palestinas estão por trás do ataque não tem nenhum sentido", disse Zugri.

Segundo o porta-voz, a acusação tem o objetivo de "pressionar o Hamas para que aceite as condições do Egito para a reconciliação entre os palestinos", processo que é mediado por Cairo.

Fontes dos serviços de segurança egípcios disseram hoje à agência oficial "Mena" que os foguetes foram lançados por membros de facções palestinas estabelecidas na Faixa de Gaza.

Já Israel e Jordânia asseguram que os projéteis foram disparados da península egípcia do Sinai, o que foi rejeitado pelo Egito, argumentando que seria logisticamente impossível devido às fortes medidas de segurança na região.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host