UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 13h55

Obama diz que luta contra vazamento no Golfo do México está "chegando ao fim"

Washington, 4 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou hoje que a luta para conter o vazamento de milhões de barris de petróleo no Golfo do México "finalmente está chegando ao fim".

Obama elogiou os esforços para conter o derramamento na região, em um discurso diante do conselho executivo do grupo sindical AFL-CIO.

"É uma notícia muito bem-vinda", disse o presidente, que lembrou que os cidadãos do Golfo do México "enfrentaram momentos particularmente difíceis" desde 20 de abril, depois da explosão e posterior afundamento da plataforma petrolífera Deepwater Horizon, que causou o maior desastre ambiental da história dos EUA.

O presidente enfatizou que o Governo continuará com os esforços de limpeza e de recuperação da zona, já que, segundo ele, "o dano" tem que ser revertido.

Obama disse que continuará trabalhando para que os responsáveis paguem pelos danos causados e o Governo americano apoiará os estados afetados - Texas, Louisiana, Missouri, Alabama e Flórida.

"Vamos assegurar que aqueles que foram afetados (pelo vazamento de óleo) sejam compensados economicamente e vamos estar ao lado do povo da região até que voltem à normalidade", assegurou.

A BP informou hoje que sua operação para vedar definitivamente o poço danificado no Golfo do México "funcionou".

Segundo um comunicado da companhia, a operação chamada 'static kill' (eliminação estática), que começou na terça-feira, teve sucesso e representa "um importante passo" para conseguir frear definitivamente o vazamento de petróleo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,79
    3,152
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    1,18
    65.148,35
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host