UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 13h57

Resposta israelense foi medida, correta e imediata, diz Barak

Jerusalém, 4 ago (EFE).- A resposta do Exército de Israel na troca de tiros na fronteira com Líbano foi "medida, correta e imediata", assegurou hoje o ministro da Defesa israelense, Ehud Barak.

Em entrevista a "Rádio Israel", o titular da Defesa descartou que o grupo xiita Hisbolá tivesse relação com o enfrentamento armado, e assinalou que, aparentemente, não tinha sido planejado com antecedência, informou o diário "Jerusalem Post" em sua edição digital.

Israel acusa as forças libanesas de disparar contra seus soldados quando estes realizavam uma operação rotineira de poda de árvores em seu lado da fronteira, enquanto Beirute assegura que os militares israelenses entraram em seu território.

A Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) confirmou que as tropas israelenses se encontravam trabalhando ao sul da Linha Azul (a divisão aceita temporariamente pelas partes), ou seja, no território sob seu controle.

Representantes do Exército israelense participarão esta noite de reunião trilateral na localidade libanesa de Nakura com representantes da Finul e do Exército libanês, informaram à Agência Efe fontes militares.

"Corresponde ao Exército libanês dar explicações sobre o ocorrido", declarou a porta-voz militar Avital Leibowitch.

A reunião, convocada pelo comandante-chefe da Finul, o general espanhol Alberto Asarta Cuevas, tem como objeto analisar o enfrentamento armado, no qual morreram dois soldados e um jornalista libaneses e um militar israelense.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h39

    0,76
    3,172
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h45

    0,74
    65.581,50
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host