UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 04h24

Sul do Líbano vive momentos tranquilos sob vigilância do Exército e da ONU

Beirute, 4 ago (EFE).- O sul do Líbano vive momentos de tranquilidade nesta quarta-feira, com o Exército libanês e a força da ONU no país (Finul) em alerta depois dos piores confrontos entre militares libaneses e israelenses desde a guerra de 2006, com quatro mortos e 15 feridos na terça.

O Exército libanês e a Finul mantêm suas posições na região, enquanto uma equipe de investigação da força internacional é esperada em Adeisseh, onde aconteceram os confrontos, para comprovar no terreno o incidente, explicaram à agência Efe fontes militares locais e ocidentais.

A situação chegou, terça-feira, a um alto grau de tensão, quando soldados israelenses começaram a podar árvores à beira de uma linha divisória marcada pela ONU há dez anos, gesto que em pouco tempo causou um enfrentamento armado entre as tropas fronteiriças Os dois exércitos se acusaram mutuamente pelo conflito, que deixou um oficial morto e um gravemente ferido entre os militares israelenses, segundo fontes do país.

Segundo as fontes libanesas, em seu território houve três mortes, dois militares e um jornalista, e 14 feridos.

Os choques, os piores desde a guerra de 2006 entre Israel e o grupo xiita Hisbolá, e que causou do lado libanês 1.200 mortes, a maioria civis, e 164 do lado israelense, em sua maior parte militares, fez com que a comunidade internacional se mobilizasse e pedisse calma.

Na terça-feira à noite, o chefe do Hisbolá, xeque Hassan Nasrallah, afirmou que seus combatentes não intervieram, mas advertiu que o farão se Israel volta a atacar o Exército libanês.

A tensão aumentou no sul do Líbano depois que Israel acusou o Hisbolá de continuar se armando, violando a resolução 1701 do Conselho de Segurança da ONU, que pôs fim à guerra de 2006.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host