UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 22h01

Colômbia afirma que Morales foi convidado para posse de Santos

Bogotá, 5 ago (EFE).- O Governo colombiano disse hoje que recebeu "com estranheza" a declaração do presidente da Bolívia, Evo Morales, de que não estará presente à posse do novo governante da Colômbia, Juan Manuel Santos, no sábado, por não ter sido convidado.

Fontes da Chancelaria colombiana disseram à Agência Efe que "desde 28 de junho foram enviados convites" para a posse de Santos "a todos os chefes de Estado que sustentam relações diplomáticas com a Colômbia".

Morales disse hoje em entrevista coletiva concedida em La Paz que não recebeu "nenhum convite para participar da posse do novo presidente da Colômbia".

Na mesma entrevista, Morales voltou a criticar a presença de militares americanos em bases da Colômbia e expressou sua preocupação com a possibilidade de um conflito bélico entre esse país e a Venezuela.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva será um dos 13 chefes de Estado da América Latina presentes à posse de Santos. Mais de 80 delegações internacionais foram convidadas para o evento.

A grande ausência será o presidente venezuelano, Hugo Chávez, que no último dia 22 rompeu as relações com a Colômbia ao considerar como uma "agressão" as acusações do Governo de Bogotá de que a Venezuela apoia as guerrilhas colombianas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host