UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 20h42

Equador confirma reunião entre Correa e Santos em Bogotá

Quito, 5 ago (EFE).- O chanceler equatoriano, Ricardo Patiño, confirmou hoje que o presidente de seu país, Rafael Correa, terá diálogos bilaterais com o novo presidente colombiano, Juan Manuel Santos, no sábado e no domingo.

Em entrevista coletiva, Patiño explicou que Correa e Santos terão "um breve diálogo bilateral" no sábado, dia da posse do colombiano, e uma "conversa um pouco mais extensa" no domingo.

Patiño disse que ele também aproveitará sua participação na posse de Santos para se reunir, no domingo, com a chanceler do novo Governo colombiano, María Ángela Holguín.

Segundo o ministro equatoriano, "seguramente" fará parte das conversas o restabelecimento pleno das relações diplomáticas entre os dois países, rompidas desde 3 de março de 2008.

"Nos parece que, tanto do Governo equatoriano como do (novo) Governo colombiano, há a decisão de iniciar imediatamente as conversas", resumiu.

Patiño informou que a Chancelaria equatoriana não recebeu nenhuma informação sobre o suposto pedido de extradição do novo presidente colombiano, acusado no Equador pelo ataque militar colombiano contra um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território equatoriano no dia 1º de março de 2008.

O bombardeio deixou 26 mortos, entre eles o então porta-voz internacional das Farc, 'Raúl Reyes'. À época, o ministro da Defesa da Colômbia era Santos.

Essa operação, executada sem o consentimento do Equador, levou Quito a romper relações com Bogotá, mas as duas partes tentam restabelecer plenamente seus laços desde o ano passado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host