UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 17h47

General diz que Colômbia está pronta para dar "golpe final" nas Farc

Caracas, 5 ago (EFE).- As forças militares da Colômbia estão "prontas para dar os golpes finais" nas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e no Exército de Libertação Nacional (ELN), disse o general Freddy Padilla, que considera "impensável" a possibilidade de uma guerra com a Venezuela.

Em entrevista publicada hoje pelo jornal "El Universal", Padilla afirmou que espera que "a derrota definitiva destas estruturas narcoterroristas (...) aconteça nos próximos quatro anos".

Ele também considera que há "uma boa previsão" para uma próxima captura do líder máximo das Farc, conhecido como "Alfonso Cano", e fez uma chamada a todos os guerrilheiros para que se desmobilizem, como "mais de 52 mil pessoas" já fizeram, segundo ele.

Para o militar, o "maior desafio" do Governo que será assumido no sábado por Juan Manuel Santos será "manter o apoio do povo" à luta contra as guerrilhas e o narcotráfico.

Por outro lado, Padilla considera "impensável" uma guerra entre seu país e a Venezuela.

"É absolutamente impensável um conflito entre os militares da Venezuela e da Colômbia. Acredito que diante de relações históricas, comerciais e de irmandade tão fortes, essa ideia de uma guerra nunca passou pela minha cabeça", disse o general ao "El Universal".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host