UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 15h48

Premiê britânico comete erro e afirma que Irã tem bomba atômica

Londres, 5 ago (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, voltou a gerar polêmica com suas declarações hoje, ao afirmar que o Irã tem uma bomba atômica.

Esta foi a mais recente de uma série de inconveniências por parte de Cameron e aconteceu durante uma sessão livre de perguntas com os cidadãos.

Cameron foi questionado sobre sua insistência em apoiar a Turquia na União Europeia (UE) e respondeu que Ancara teria uma importante influência política para ajudar a resolver alguns conflitos na região.

"Acho que seria uma boa influência política para nós, porque pode nos ajudar a resolver alguns dos problemas do mundo, como o processo de paz no Oriente Médio e o fato de que Irã ter uma bomba atômica", disse o primeiro-ministro.

Uma porta-voz do premiê se apressou para justificar a declaração de Cameron e disse que "está perfeitamente claro que ele estava falando da tentativa de conseguir uma bomba atômica", mas suas afirmações já tinham se difundido na imprensa britânica e foram criticadas pela oposição trabalhista.

O ex-secretário de Estado de Assuntos Exteriores e parlamentar trabalhista Chris Bryant afirmou que o primeiro-ministro está ganhando uma reputação de "chato em temas de assuntos exteriores".

"Considerando que as ambições nucleares do Irã constituem um dos desafios em política externa mais importante que todos enfrentamos, o primeiro-ministro ter cometido este erro básico não é só muito vergonhoso, mas perigoso", disse.

Para o dirigente trabalhista, a declaração de Cameron "alimentará a propaganda iraniana de que a comunidade internacional está errada sobre a política do Irã em matéria nuclear".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host