UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 17h07

Segurança durante posse de Santos será mantida por 37 mil oficiais

Bogotá, 5 ago (EFE) - Um total de 37 mil policiais e militares se encarregará de proteger as mais de 80 delegações internacionais que assistirão no sábado, em Bogotá, à cerimônia de posse de Juan Manuel Santos como presidente da Colômbia.

O diretor da Polícia Metropolitana de Bogotá, general César Pinzón, explicou à Agência Efe que os 18.500 integrantes da Polícia de Bogotá serão reforçados com mais quatro mil, além do Exército, que desdobrará outros 14.500 soldados na capital e arredores.

A posse será assistida por "18 presidentes, chefes de Estado ou de Governo, além de um vice-presidente e 80 delegações de diferentes países", confirmou o oficial.

De acordo com um comunicado da Polícia, serão estabelecidos 44 postos de controle em Bogotá e outros sete nas entradas e saídas da cidade e helicópteros vigiarão a cidade até o domingo.

As medidas respondem ao incidente ocorrido em 2002, quando Álvaro Uribe tomou posse pela primeira vez, e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) lançaram foguetes contra a Casa de Nariño, sede do Governo, deixando 19 mortos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host