UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 03h01

Sobe para 50 o número de mortos nos incêndios florestais na Rússia

  • Incêndio florestal deixa ao menos 50 pessoas mortas na Rússia

    Incêndio florestal deixa ao menos 50 pessoas mortas na Rússia

Moscou, 5 ago (EFE).- O número de mortos nos incêndios florestais que afetam diversas regiões da Rússia, e que devastaram centenas de milhares de hectares de floresta, já chega a 50, informou hoje o Ministério de Situações de Emergência.

"Durante trabalhos de remoção de escombros de casas queimadas no final da semana passada na região de Nizhni Novgorod foi achado o corpo de uma vítima. Outra pessoa morreu em um hospital da região de Voronezh", disse um porta-voz citado pela agência "Interfax".

A fonte acrescentou que com estas duas novas vítimas chega a 50 o número de mortos causados pelos incêndios florestais, que obrigaram as autoridades a decretar o estado de emergência em sete das 83 entidades que formam a Federação Russa.

Na véspera, o presidente russo, Dmitri Medvedev, ordenou reforçar a segurança dos centros nucleares, bases militares e instalações estratégicas na parte europeia do país, a mais castigada pelo fogo.

Devido à gravidade da situação, o chefe do Kremlin interrompeu suas férias para presidir uma reunião do Conselho de Segurança dedicada à proteção das instalações estratégicas do país.

Medvedev destituiu vários funcionários de alto escalão da Armada pelo incêndio que na semana passada arrasou diversas instalações e armazéns de uma base naval nos arredores de Moscou.

Além disso, advertiu que, uma vez que os incêndios florestais forem controlados, pedirá explicações aos governadores e ao Governo sobre suas atuações durante a emergência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host