UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 00h27

Explosão em aeroporto mata 2 e deixa governador ferido nas Filipinas

Zamboanga (Filipinas), 6 ago (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram e outras 24, entre elas um governador, ficaram feridas na quinta-feira à noite (horário local) pela explosão de uma bomba no aeroporto de Zamboanga, ao sul das Filipinas, informaram fontes oficiais nesta sexta.

A explosão foi causada por uma bomba de fabricação caseira detonada por um homem que morreu na hora, enquanto a outra vítima faleceu no hospital, segundo o prefeito, Celso Llobregat.

Um dos feridos é o governador da ilha vizinha de Jolo, Sakur Tan, que sobreviveu a várias tentativas de assassinato nos últimos anos. Tan sofreu apenas ferimentos leves.

O atentado ocorreu na sala de embarque de passageiros, e na véspera da visita a Zamboanga do embaixador americano, Harry Thomas, que decidiu cancelar a viagem e ofereceu ajuda na investigação, embora as autoridades por enquanto descartem uma relação.

A região sul das Filipinas é um dos lugares mais perigosos da Ásia, e as atividades de grupos rebeldes comunistas e muçulmanos se unem à proliferação de armas, raptos e assassinatos por encomenda realizados pelos exércitos privados de caciques locais ou grupos criminosos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host