UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 21h45

Guarda Costeira dos EUA repatria 28 imigrantes cubanos

Miami, 6 ago (EFE).- A Guarda Costeira americana repatriou hoje 28 imigrantes cubanos que tentavam entrar nos Estados Unidos pela costa da Flórida nesta semana.

Um primeiro grupo de 23 cubanos em uma precária embarcação foi avistado a 17 quilômetros ao sul de Boca Chica, no estado da Flórida.

Uma pessoa que navegava pela área notificou a Guarda Costeira, que por sua vez enviou a tripulação de um navio para capturar os imigrantes.

Outro grupo de sete cubanos que também estava em uma precária embarcação foi detectado pela tripulação de um avião da Guarda Costeira a 25 quilômetros ao sul de Elboy Cay, nas ilhas Bahamas.

Dois dos sete imigrantes foram transferidos ao centro de processamento de Cutter Pea Island da Guarda Costeira. Os outros 28 foram repatriados à Bahia de Cabañas, em Cuba.

O capitão Steven Banks, da Guarda Costeira, disse em comunicado que a função da entidade é dissuadir e combater a imigração "desordenada, insegura e ilegal" via marítima, interceptando "essas embarcações que têm como propósito viagens perigosas".

Segundo um convênio migratório assinado entre Cuba e Estados Unidos, os cubanos que são interceptados no mar, embora seja a poucos metros da margem, devem ser repatriados.

No entanto, de acordo com uma lei dos EUA, aqueles que conseguem pisar em solo americano podem permanecer no país e obter a residência depois de um ano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host