UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 20h31

Mujica oferece mediação à crise diplomática Bogotá-Caracas

Bogotá, 5 ago (EFE).- O presidente do Uruguai, José Mujica, se reuniu hoje com o presidente eleito da Colômbia, Juan Manuel Santos, e reiterou sua disposição em mediar a crise colombo-venezuelana sempre o pedirem.

"Precisamos de qualquer coisa, menos de conflito", disse o líder uruguaio após sua reunião com Santos em um hotel de Bogotá.

Mujica assinalou aos jornalistas que a disposição de Santos para recompor as relações é "muito boa", mas reconheceu que há poucos dias "estava muito melhor".

Sobre seu encontro com Santos, quem amanhã tomará posse como presidente da Colômbia, em substituição a Álvaro Uribe, Mujica considerou que foi muito "diplomático" e "cheio de gestos compreendidos".

"Falamos de nossa América e dos problemas que temos da perspectiva e de manter uma relação fluente. Nossa relação comercial pode se desenvolver muito e em alguns aspectos pode ser bastante complementar", destacou Mujica.

O governante uruguaio é um dos chefes de Estado e de Governo que já chegaram à capital colombiana para assistir amanhã à cerimônia de posse de Santos, junto a delegações de mais de 80 países.

"Muito longe de pretender tocar o céu com as mãos, queremos contribuir como nação latino-americana à paz e ao encontro dos povos latino-americanos", disse o presidente.

As relações Bogotá-Caracas estão rompidas desde 22 de julho por decisão de Chávez, que considerou uma "agressão" a Colômbia denunciar na Organização dos Estados Americanos (OEA) que há guerrilheiros colombianos em território venezuelano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host