UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 12h44

Polícia sul-africana tem 3 "diamantes de sangue" de Naomi Campbell

Johanesburgo, 6 ago (EFE).- A Polícia da África do Sul confirmou hoje ter três supostos "diamantes de sangue" que o ex-presidente da Libéria, Charles Taylor, acusado de cometer crimes de guerra durante o conflito de Serra Leoa (1991-2001), presenteou a modelo Naomi Campbell na África do Sul em setembro de 1997.

Ontem, Naomi disse para o Tribunal Especial para Serra Leoa (TESL) em Haia - que processa Taylor - que recebeu diamantes em estado bruto após conhecer o ex-presidente liberiano durante um jantar de caridade na casa de Nelson Mandela na Cidade do Cabo, em setembro de 1997.

Segundo a modelo, no dia seguinte ao jantar - no qual estiveram outros famosos como a atriz Mia Farrow, que também deve prestar declarações perante o tribunal holandês, e o músico Quincy Jones - os entregou a seu amigo Jeremy Ratcliffe, então diretor do Fundo Nelson Mandela para a Infância (NMCF, na sigla em inglês) para que os usasse em benefício da ONG.

Hoje, após as declarações de Campbell ao Tribunal, Ratcliffe confirmou - em comunicado que enviou aos meios de imprensa - ter recebido alguns diamantes em estado bruto da modelo "no Trem Azul (ferrovia de luxo sul-africano) no dia 26 de setembro de 1997".

"Naomi sugeriu que os utilizasse para benefício do Fundo Nelson Mandela para a Infância, mas eu lhe disse que não queria envolver o Fundo em nada que pudesse ser ilegal", diz Ratcliffe no comunicado, reconhecendo que, após refletir, decidiu ficar com os diamantes.

Ratcliffe, que continua sendo membro fiduciário da organização, esclarece que optou por ficar com as pedras porque pensou que talvez também seria ilegal que a modelo os tirasse da África do Sul.

Após o testemunho de ontem de Naomi e após ter estado em posse dos diamantes durante mais de uma década, o ex-diretor do Fundo, que segundo meios de imprensa locais sul-africanos afirma estar disposto a testemunhar perante o tribunal, entregou as pedras preciosas às autoridades sul-africanas.

"Confirmo que os temos", disse hoje à agência local "SAPA" o porta-voz da Unidade Especial da Polícia sul-africana "The Hwaks", Moussa Zondi, em referência aos três diamantes. "Foram enviadas ao Conselho de Diamantes da África do Sul para que sejam analisadas", assegurou.

"Quando forem autenticados tomaremos uma decisão sobre o que fazer com eles", disse Zondi, acrescentando que se as pedras que Ratcliffe entregou à Polícia sul-africana forem diamantes em estado bruto, o ex-diretor do Fundo Nelson Mandela para a Infância poderia ser detido, já que sua posse sem licença é ilegal na África do Sul.

Ratcliffe explica em seu comunicado que um fator que influiu para que não ele informasse a ninguém sobre o ocorrido foi que queria proteger a reputação do Fundo, de Mandela e de Naomi Campbell, pois nenhum deles se beneficiaria de nenhuma maneira.

O atual porta-voz do NMCF, Oupa Ngwenya, disse ontem ao canal sul-africano "e-TV" que a instituição nunca recebeu os diamantes de Naomi.

"É a primeira vez que ouvimos falar dos diamantes. Não recebemos pedras preciosas e não há nenhum registro de que estejamos em posse delas", esclareceu Ngwenya.

Ontem a modelo britânica explicou no Tribunal de Haia que quando dormia, bateram na porta do quarto, e alguns desconhecidos lhe entregaram uma bolsinha, e que ela voltou para a cama sem sequer dar uma olhada em seu conteúdo.

Na manhã seguinte, a modelo pegou o presente e se deparou com o que definiu como "duas ou três pequenas pedras sujas".

No café da manhã comentou o episódio com seu então agente, Carol White, e Mia Farrow, que lhe esclareceram que deviam ser diamantes sem polir e apontaram que possivelmente eles tinham vindo de Taylor, uma teoria que Campbell "assumiu" então como certa.

A modelo ressaltou que, em qualquer caso, os diamantes não estiveram em seu poder mais do que seis horas, pois ao saber que eram valiosos decidiu doá-los ao Fundo Nelson Mandela para a infância, por isso que os entregou a Ratcliffe.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host