UOL Notícias Notícias
 
07/08/2010 - 12h54

Ataques no Afeganistão deixam 22 mortos

Cabul, 7 ago (EFE).- Pelo menos 17 supostos insurgentes, quatro policiais e um civil morreram hoje em diversos ataques registrados no sul e no oeste do Afeganistão, informaram fontes oficiais.

A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), missão militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), informou sobre uma ofensiva na província de Helmand, no sul, na qual forças afegãs e da coalizão liderada pelos Estados Unidos apreenderam um grande carregamento de armas.

As tropas foram atacadas por um grupo de insurgentes e, "para suprimir o fogo inimigo", um avião de combate bombardeou a região e matou 14 insurgentes, sem registro de vítimas civis, segundo a Isaf.

Também em Helmand, uma bomba explodiu durante a passagem de um veículo policial e provocou a morte de quatro agentes.

Em comunicado, o Ministério do Interior afegão acrescentou que um civil faleceu e outros 12 ficaram feridos no mesmo ataque.

Na província de Herat, no oeste, um grupo de insurgentes atacou um posto policial no distrito de Obi, mas as forças afegãs responderam ao ataque e mataram três insurgentes, segundo o Ministério do Interior.

As forças internacionais lançaram em fevereiro uma operação militar em Helmand com o objetivo de enfraquecer os talibãs e deixar o Governo afegão mais forte para dar início ao seu almejado plano de paz com os insurgentes.

O próximo passo deveria ser uma ofensiva na vizinha Kandahar, reduto espiritual dos talibãs, mas as forças internacionais encontraram problemas em Helmand para ceder o controle às instituições afegãs e, por enquanto, não deram pistas sobre a estratégia para Kandahar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host