UOL Notícias Notícias
 
07/08/2010 - 19h34

Santos diz que prioridade é reconstruir relações com Venezuela e Equador

Bogotá, 7 ago (EFE).- O novo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse hoje em seu discurso de posse que um de seus objetivos "será reconstruir as relações com Venezuela e Equador, restabelecer a confiança e privilegiar a diplomacia e a prudência".

"Queremos viver em paz com nossos vizinhos. Respeitaremos para que nos respeitem", manifestou Santos, diante dos 5 mil convidados à cerimônia de posse, entre eles o presidente do Equador, Rafael Correa, e o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro.

Correa rompeu relações diplomáticas com Bogotá em 2008 após um ataque militar colombiano a um acampamento no Equador para buscar guerrilheiros.

Já Caracas fez o mesmo no mês passado, quando Bogotá denunciou perante a OEA a suposta presença de membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e do Exército de Libertação Nacional (ELN) em território venezuelano.

"Sobre as diferenças ideológicas se impõe o destino partilhado de irmãos de história e de sangue", destacou Santos. "A palavra guerra não está em meu dicionário quando penso nas relações da Colômbia com seus vizinhos ou com qualquer nação do planeta".

O novo presidente também anunciou que seu Governo iniciará "uma política externa moderna, que olhe para o futuro, com contingentes diplomáticos que multipliquem a presença da Colômbia nos organismos multilaterais e aprofundem as relações bilaterais".

"O respeito, a cooperação e a diplomacia serão os eixos de nossas relações internacionais", acrescentou o líder, quem deu ênfase à fraternidade entre nações latino-americanas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h30

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host