UOL Notícias Notícias
 
08/08/2010 - 17h22

Atraso em formação de Governo no Iraque não prejudicará segurança, diz premiê

Bagdá, 8 ago (EFE).- O primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, assegurou hoje que o atraso na formação de um novo Governo, após as eleições de 7 de março, não prejudicará a segurança do país nem afetará o combate ao terrorismo.

Maliki fez essas declarações em entrevista coletiva em Erbil, capital da região autônoma do Curdistão do Iraque, após se reunir com o presidente curdo-iraquiano, Massoud Barzani.

"Achamos que a formação de um Governo não está vinculada à situação de segurança e não esperamos que esteja", afirmou al-Maliki, para quem "formar um Executivo saudável é mais importante que o tempo".

Além disso, o premiê destacou que não está se beneficiando do atraso na formação de um Gabinete.

Sobre a saída dos soldados americanos do Iraque, prevista para 31 de agosto, Maliki comentou que Washington e Bagdá estão de acordo quanto ao plano de retirada dos militares.

A incerteza política continua instalada no Iraque pelas divergências entre os diferentes partidos devido aos equilibrados resultados das eleições, que dificultam a formação de um novo Executivo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host