UOL Notícias Notícias
 
08/08/2010 - 16h58

EUA apoiam maior cooperação com Colômbia e diálogo com países vizinhos

Washington, 8 ago (EFE).- O Governo dos Estados Unidos informou hoje ter expressado ao novo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, o desejo de estreitar a cooperação bilateral em "um amplo espectro de assuntos" e o apoio à ideia de um "diálogo direto" de Bogotá com as nações vizinhas.

Assim informou hoje o escritório do assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, general James Jones, quem representou o presidente Barack Obama na posse de Santos neste sábado.

Jones se reuniu com Santos para transmitir-lhe "a clara mensagem de que os Estados Unidos manterão estreitos vínculos bilaterais e forte aliança com a Colômbia", disse em comunicado o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional (NSC), Mike Hammer.

Em sua reunião com Santos e vários membros do novo Gabinete colombiano, Jones ressaltou o compromisso dos EUA de "desenvolver uma cooperação mais próxima em um amplo espectro de assuntos", acrescentou Hammer.

"O general expressou nosso apoio ao interesse do presidente Santos de melhorar as relações da Colômbia com seus vizinhos por meio do diálogo direto baseado no respeito mútuo", acrescentou Hammer.

Segundo Hammer, Jones também se reuniu com o ex-presidente Álvaro Uribe para, em nome dos EUA, felicitá-lo pelos "bem-sucedidos oito anos de Governo e valente liderança para trazer maior segurança e prosperidade ao povo colombiano".

As declarações de Jones foram feitas em meio às tentativas de reconciliação entre Colômbia e Venezuela, que buscam superar a mais recente crise, suscitada pela suposta presença de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território venezuelano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host