UOL Notícias Notícias
 
09/08/2010 - 11h40

Oposição israelense critica premiê por culpar ministro pelo ataque à frota

Jerusalém, 9 ago (EFE).- A oposição de Israel criticou hoje o primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu, por insinuar em seu testemunho na Comissão Turkel que o responsável pelo ataque à frota humanitária com destino à Faixa de Gaza é o ministro da Defesa, Ehud Barak.

"Netanyahu enterrou a imagem internacional de Israel", comunicou o principal partido opositor, Kadima.

Em informação divulgada pela edição eletrônica do diário "Yedioth Ahronoth", Kadima afirma que "no momento da verdade, Netanyahu divide a culpa com outros... e demonstra dia após dia que talvez seja o primeiro-ministro, mas não é quem dirige o Estado de Israel".

A virulenta reação da oposição, liderada pela ex-ministra de Exteriores Tzipi Livni, seguiu às polêmicas declarações hoje perante a Comissão israelense que investiga o ataque do Exército israelense ao comboio humanitário que ia para Gaza em 31 de maio, que deixou nove mortos.

Netanyahu prestou depoimento hoje durante várias horas na Comissão Turkel, uma primeira parte em público e a outra a portas fechadas, insinuando a responsabilidade de Barak no ataque.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host