UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 08h00

Desmoronamento na China deixa 700 mortos e 1 mil desaparecidos


Em Pequim

Ao menos 702 pessoas morreram e 1.042 estão desaparecidas devido ao desmoronamento causado pelas intensas chuvas que afetam à província noroeste chinesa de Gansu, segundo o último relatório das autoridades de Assuntos Civis.

O responsável do departamento provincial, Tian Baozhong, assinalou nesta terça-feira em declarações à agência estatal de notícias "Xinhua" que 1.243 pessoas foram resgatadas em meio ao barro e outras 42 estão hospitalizadas em estado grave.

A avalanche ocorreu no domingo na comarca de Zhouqu (Prefeitura autônoma tibetana de Gannan), onde 4.443 tendas de campanha esperam para serem montadas e receber os desabrigados, mas a falta de espaço o impede, acrescentou Tian.

O Ministério de Assuntos Civis enviou outras 16 mil tendas que ainda esperam na capital provincial, Lanzhou, para ser levadas até a área na afetada.

O Exército de Libertação Popular da China destinou 5,3 mil soldados, 150 veículos, quatro helicópteros e 20 lanchas motorizadas a Zhouqu para participar dos trabalhos de resgate.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host