UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 09h38

Líder de milícia pró-Governo e 2 guarda-costas morrem em ataque no Iraque

Bagdá, 10 ago (EFE).- Um dirigente da milícia iraquiana pró-Governo Conselhos de Salvação e dois de suas guarda-costas morreram hoje em um ataque perpetrado por um grupo de homens armados, ao sul de Bagdá, informaram fontes do Ministério do Interior iraquiano.

Os atacantes armaram uma emboscada ao líder da milícia sunita Malek Yassin, perto de sua casa, na região de Yarf Aldajr, a 60 quilômetros ao sul de Bagdá, explicaram as fontes.

Yassin morreu imediatamente por causa dos disparos, que também tiraram a vida de dois de seus guarda-costas.

Em outro atentado contra os Conselhos de Salvação, a explosão de uma bomba presa embaixo do veículo de um membro da milícia provocou ferimentos graves nele e em mais três mulheres que o acompanhavam.

O fato ocorreu na cidade de Baquba, a 65 quilômetros a nordeste de Bagdá, onde patrulhas da Polícia também encontraram um corpo não identificado, que foi levado ao instituto legista.

Por outro lado, um foguete atingiu um complexo residencial na "zona verde", a área mais fortificada do país, no centro da capital, disseram as fontes, que acrescentaram que não se sabe se houve vítimas no ataque e a origem do projétil.

Além disso, quatro civis ficaram feridos pela explosão de uma bomba instalada em um carro no bairro na zona oeste de Bagdá.

Em um ataque similar, um oficial da Polícia de tráfego sofreu ferimentos depois da explosão de outra bomba colocada em seu carro, no oeste da capital.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host